Colchão: saiba escolher o seu e garanta um sono reparador

Colchão: saiba escolher o seu e garanta um sono reparador

Dormir bem é fundamental para descansar o corpo e a mente. Além disso, garante as condições para que seu organismo possa desencadear uma série de reações químicas para restaurar o metabolismo. Por essa razão, ter uma boa noite de sono é tão importante para sua saúde. Afinal, além de ajudar a prevenir doenças, dormir aumenta o desempenho físico e ajuda a manter a memória ativa. Não à toa, diversos são os aplicativos criados para regular e melhorar o sono das pessoas. Porém, tão importante quanto estabelecer bons hábitos é contar com um colchão adequado ao seu biótipo e às suas necessidades.

Detalhes como peso, altura e o jeito de dormir de cada pessoa são importantes quesitos na escolha do modelo ideal. Também por isso, existem colchões com diferentes características no que se refere ao material utilizado e à estrutura de fabricação. Eles podem ser de espuma, viscoelástico, molas, molas ensacadas separadamente ou com pillow – uma camada extra de espuma no topo. Assim, na hora da compra, é muito importante avaliar o tipo de conforto que você procura. Além disso, é essencial seguir as recomendações de conservação do fabricante. Afinal, embora muitas pessoas não se deem conta, um colchão possui vida útil relativamente longa, porém limitada.

 

Como descobrir se o seu colchão está vencido

Desconhecer a validade de seu colchão é algo bastante comum. Afinal, além do tempo decorrido, é preciso considerar suas condições de uso. Mesmo assim, alguns sinais ajudam a identificar o momento certo de trocar o colchão. A perda de firmeza, indícios de desnivelamento e deformações, bem como o aparecimento de manchas são alguns deles. Além disso, sua própria experiência ao dormir pode servir como indicativo. Especialmente ao perceber que você não tem dormido bem, tem acordado cansado ou com dores, por exemplo. Em caso positivo para alguma destas questões, talvez este seja o momento de investir em um novo colchão.

 

 

O que levar em conta ao escolher seu colchão

Segundo especialistas, o colchão adequado é aquele que se adapta mais facilmente ao seu tipo físico. Além disso, ele não deve ser duro demais, porque deste modo não permitiria o correto alinhamento do corpo. Também não deve ser demasiadamente fofo, uma vez que precisa garantir adequada sustentação à coluna vertebral.

Diferentemente de firmeza e maciez, a densidade do colchão é outra característica importante. Basicamente, ela representa a quantidade de espuma utilizada por volume. Ou seja: quanto mais espuma, mais peso o colchão pode aguentar. Assim, no caso dos colchões de casal, deve-se levar em consideração a pessoa mais pesada que irá se deitar. Com isso, também é possível evitar que o produto afunde ou deforme rapidamente. Para quem costuma se mexer muito durante a noite, um modelo mais firme e estável é uma boa pedida. Estes também estão nas recomendações para pessoas com problemas ortopédicos, por exemplo.

 

Colchão de espuma

 

Com preços mais atraentes, os colchões de espuma são os tipos mais tradicionais. Apesar da menor vida útil, os selos de qualidade podem ajudar a definir uma boa compra. Por sua vez, os modelos de mola apresentam maior durabilidade e tecnologia. Colchões de molas ensacadas individualmente são os mais procurados pelos consumidores. Isso porque garantem que o movimento feito num ponto específico não seja refletido em outro. Entre os diversos modelos vendidos pela taQi, os colchões Herval unem conforto, tecnologia e estilo. Além das molas ensacadas, há ainda a opção de molas Maxspring. Com tecnologia europeia, o sistema de marca própria da Herval usa molas entrelaçadas em aço, submetidas a processo de alívio de tensão. O resultado é o alto suporte ao colchão e conforto contínuo aos usuários, mesmo com o passar do tempo.

 

Colchão de molas taQi

 

Para além de marcas e características específicas, a certificação é outro detalhe importante na compra de um produto de qualidade. Atualmente, o mercado de colchões possui uma série de normas e padrões que são constantemente testados por órgãos competentes. Dessa forma, é possível garantir um bom investimento e uma noite de sono ainda melhor.

 

Vida longa e saudável

Para prolongar a vida útil de seu colchão, lembre-se de seguir as recomendações do fabricante. Além disso, não use o produto com o plástico da embalagem, nem coloque em cima dele produtos pesados ou pontiagudos. Não dobre o colchão e não pule nem permaneça por muito tempo sentado sobre ele. Lembre-se, ainda, de que esse item precisa “respirar”. Por isso, coloque-o para arejar à sombra e deixe o ar circular regularmente no quarto.

 

Colchão Herval - Molas Maxspring

 

Foto: iStock/AntonioGuillem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *