Ar-condicionado: como fazer a escolha mais inteligente

Com tantas opções e diferentes tecnologias disponíveis no mercado, o momento de adquirir qualquer produto pode se tornar um desafio. Logo, com a proximidade do verão e das altas temperaturas, a situação se aplica perfeitamente à escolha do ar-condicionado. Nesse contexto, normalmente a ideia é garantir um clima mais refrescante sem gerar um grande aumento na conta de luz. Assim, ao mesmo tempo que alguns modelos oferecem maior eficiência, há também algumas dicas que são universais. Entre elas, saber utilizar a temperatura adequada a cada momento e realizar higienizações periódicas do filtro. Por outro lado, os equipamentos mais modernos oferecem a vantagem de contribuir para deixar o ar mais limpo. Especialmente os modelos com a função de desumidificador, que ajudam a acabar com o mofo dos ambientes. Tudo porque são capazes de eliminar até 60% da umidade do ar. Então, antes de comprar um ar-condicionado, saiba o que há de novo neste mercado e garanta seu melhor negócio.

 

Mais saúde e economia a partir do ar-condicionado

Todo mundo sabe que o ponto de partida para a escolha do ar-condicionado é dimensionar a capacidade do equipamento. Para isso, a maioria dos fabricantes já disponibiliza uma base de cálculo. Porém, além do tamanho do ambiente em que ele será instalado, alguns detalhes complementares podem ajudar numa escolha ainda melhor. É o caso da quantidade de insolação, de pessoas e de aparelhos (fontes de calor) que o local recebe. Sendo assim, você pode recorrer a uma avaliação personalizada de um profissional como arquiteto ou engenheiro mecânico. Ou, ainda, ponderar que ambientes de grande circulação e mais equipamentos eletrônicos consomem mais energia que os demais. Dessa forma, mesmo que tenham tamanho semelhante, a sala precisará de mais potência que o quarto, por exemplo.

Dito isso, chega o momento de falar sobre os avanços da tecnologia, que incluem saltos em relação à eficiência energética. Afinal, para manter a temperatura, os aparelhos convencionais causam picos de energia ao desligar e ligar seus compressores. Enquanto isso, modelos com inverter conseguem manter o fluxo de energia de maneira constante. Assim, garantem mais conforto e menos gasto de energia. Portanto, mesmo que estes equipamentos apresentem custo mais alto, a longo prazo, a economia de luz compensará o investimento. Então, para quem faz questão de aliar alto desempenho e baixo consumo, os modelos da Samsung podem ser ideais. Afinal, além da exclusiva Digital Inverter (aplicada inclusive em refrigeradores e lavadoras), outra tecnologia embarcada é a Wind Free. Essa última oferece o clima perfeito sem aquela sensação desagradável de vento frio. Tudo porque dispersa o ar levemente através de 21 mil micro-orifícios. Ou seja, elimina aquelas correntes de ar frio que podem prejudicar a saúde.

 

O que há de mais novo

Ainda mais revolucionária, a tecnologia Dual Inverter promete entregar maior estabilidade e controle de velocidade dos equipamentos. Afinal, estes modelos apresentam dois compressores de ar que podem atingir uma economia de até 70% na conta de luz. É o caso dos aparelhos da LG disponíveis na TaQi. Portanto, se você procura um ar-condicionado econômico e eficiente, as duas tecnologias são ótimas opções. Porém, se não abre mão de um aparelho ágil, econômico e avançado, os de tecnologia Dual Inverter saem na frente.

Outro detalhe importante ao adquirir um split é a definição do local em que ele será instalado. O ideal é que a unidade condensadora, que fica do lado externo, seja situada numa área sombreada e bem arejada. Enquanto isso, a localização da unidade interna também precisa ser planejada para não interferir na estética visual do seu ambiente. Nesse contexto, o modelo de split Piso-Teto pode facilitar sua decisão. Afinal, traz a possibilidade de ser instalado tanto no teto quanto no piso do ambiente. Porém, estes equipamentos geralmente apresentam alta capacidade de refrigeração, que varia de 18.000 a 80.000 BTUs. Com eficiência energética classe A, os equipamentos disponíveis na taQi são de 36.000 e de 57.000 BTUs. Ou seja, ideais para resfriar grandes ambientes.

 

Não cometa estes erros

Depois de conhecer as principais características de cada modelo de split, chega o importante momento da decisão de compra. Logo, outros dois cuidados merecem sua atenção. O primeiro deles é checar se sua rede elétrica atual suporta a instalação de um ou mais aparelhos split. Dessa forma é possível garantir o bom funcionamento do equipamento e impedir que ele queime no primeiro uso. O segundo é colocar o preço do produto acima de seus benefícios.  Afinal, trata-se de um investimento que será aproveitando por um longo período.

 

Foto: iStock/archideaphoto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *