Ventilação: como driblar o calor e prevenir-se do coronavírus

Com a importância de manter janelas abertas para prevenir a contaminação, ventiladores e climatizadores são opções para enfrentar o calor

Com a proximidade do verão, ondas de calor estão de volta – mas, neste ano, acompanhados de preocupação quanto ao coronavírus. Contudo, quando se trata de covid-19, nem todas as informações e evidências podem ser consideradas definitivas. A cada pesquisa desenvolvida, novas descobertas são feitas, aprimorando as recomendações sanitárias. De qualquer forma, muitos especialistas destacam que manter os ambientes ventilados ajuda a frear a propagação do coronavírus. Aliás, especialmente em locais em que estejam idosos ou pessoas com doenças preexistentes. Logo, com as temperaturas subindo em muitas cidades, surgem muitas dúvidas sobre como enfrentar o calor de maneira segura.

 

Ar-condicionado aumenta o risco de contágio por coronavírus?

Embora não se tenha uma resposta conclusiva, muitos desses equipamentos não fazem a troca do ar para o ambiente. Então, podem contribuir para que as partículas de vírus permaneçam circulando no espaço. Mesmo assim, o ar-condicionado não precisa ser sentenciado como vilão, visto que tudo depende de como ele é utilizado. Por exemplo: em ambientes familiares com restrita circulação de pessoas, o equipamento não deve representar grande preocupação. Diferentemente de situações que combinem aglomerações em cômodos com pouca ou nenhuma circulação de ar.

Assim, optar por aparelhos que não dependam de ambientes fechados para atingir sua melhor performance pode ser boa alternativa. Além de priorizar a circulação natural de ar, ventiladores e climatizadores tendem a ser mais econômicos e ecológicos. Afinal, usar o ar-condicionado com portas e janelas abertas força o aparelho a consumir mais energia e reduz sua eficácia. Diante disso, equipamentos de ventilação configuram alternativa bastante recomendável para dispersar o calor de forma segura e eficiente. Portanto, veja a seguir como fazer a melhor escolha para você.

 

Afaste o calor com ventiladores e climatizadores

Ventilador de mesa Arno com dispersor de repelenteAntes do ar-condicionado se tornar popular nas residências, os ventiladores eram os principais responsáveis por combater o calor. Apesar de não diminuírem a temperatura dos ambientes, modelos de parede, teto e mesa conseguem garantir um maior conforto térmico. Enquanto isso, o climatizador pode ser classificado como um intermediário entre o ventilador e o ar-condicionado. Afinal, além de ventilar, ajuda a reduzir a temperatura dos locais em que é utilizado.

 

Ventilador de teto, parede, portátil ou de mesa?

Hoje em dia, muitos projetos arquitetônicos priorizam a circulação de ar e a entrada de luz natural nos imóveis. Porém, nem sempre foi assim. Logo, é possível que, mesmo com portas e janelas abertas, um cômodo não fique necessariamente mais fresco. Nesse caso, um ventilador de teto pode ser bom aliado. Afinal, acionado no modo exaustor, ele desloca o ar quente que está em cima para as saídas do ambiente. Consequentemente, o ar frio que está próximo ao chão consegue subir, deixando o local mais fresco. Enquanto isso, no modo de ventilação, ele favorece a maior circulação de ar e ainda ajuda a afastar insetos. Aliás, há modelos que além de econômicos e silenciosos, contam com controle remoto, como este da Britânia.

Ventilador de teto Britânia com controle remoto: praticidade contra o calor

Ventilador de parede TronPor sua vez, os equipamentos de parede oferecem boa ventilação a uma distância maior. Isso porque o modelo de teto espalha a brisa de maneira uniforme logo abaixo de onde seja instalado. Enquanto isso, o ventilador de parede oferece rajadas de vento mais fortes e distribuídas, sobretudo com o recurso de oscilação. Contudo, é importante avaliar seu local de instalação, para que não atrapalhe a entrada do vento natural. Aliás, os ventiladores portáteis e de mesa contam com essa mesma funcionalidade. No entanto, seu alcance costuma ser menor. Por isso, são indicados para uso mais pessoal – e não para ambientes inteiros. De qualquer forma, a mobilidade é outra característica interessante dos ventiladores portáteis e de mesa.

 

Climatizador usa água para refrescar ainda mais

Climatizador ajuda a enfrentar o calor e a umidificar o arAinda mais funcionais que seus “primos” ventiladores, os climatizadores de ar realmente diminuem o calor dos ambientes. Afinal, esses aparelhos contam com um reservatório de água e fazem sua liberação em forma de gotículas que evaporam no ar. Aliás, mesmo em comparação ao ar-condicionado, o climatizador apresenta vantagens – como mobilidade e menor consumo de energia. Equipado com alça e rodinhas, pode ser facilmente transportado de um cômodo a outro. Além disso, o equipamento oferece três funções: resfriar, umidificar e ventilar – esta última, com três velocidades para escolha. Assim, em qualquer modo, é perfeito para combater o calor sem a necessidade de fechar portas e janelas. Inclusive, na função oscilar, o climatizador atua na melhor dispersão do ar. Com cordão elétrico de 1,46 metros, este modelo da Britânia tem potência de 60W e controle remoto com alcance de até 4 metros. Além disso, seu reservatório de água tem alta capacidade, podendo receber até 3,2 litros. Para completar, a função timer conta com seis opções, que vão de 30 minutos a 4 horas.

 

Adeus, calor desconfortável!

Agora que você já conhece as principais características de cada equipamento, basta fazer sua escolha no site da taQi! Se mesmo assim preferir investir num ar-condicionado, na loja online você também encontra ótimas opções. Afinal, desde que sejam feitas higienizações periódicas, muitos modelos podem ajudar a tornar o ar mais limpo. Neste verão, o importante é não deixar sua família passar calor – seja no trabalho remoto ou nos momentos de lazer!

 

Foto: iStock/CentralITAlliance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *