Panela de pressão elétrica: tudo que você precisa saber

Entenda quais os itens mais importantes a se considerar na hora de comprar uma panela de pressão elétrica para sua cozinha

A panela de pressão é o utensílio ideal para quem gosta de produtividade na cozinha. Porém, algumas pessoas consideram arriscado manusear o modelo tradicional. Diante disso, a panela de pressão elétrica tornou-se a aliada perfeita ao unir praticidade e segurança no preparo dos alimentos. Principalmente porque, depois de ligá-la, não é preciso se preocupar com mais nada. Não é preciso, por exemplo, ficar acrescentando água durante o preparo da receita. Assim, basta colocar os alimentos, a quantidade de água indicada e programar tempo e temperatura de cozimento. Aliás, a versão elétrica oferece múltiplos dispositivos de segurança, afastando o famigerado risco de “explodir”.

Além do controle de temperatura máxima, por exemplo, ela possui travamento automático da tampa. Logo, não pode ser aberta enquanto ainda houver pressão em seu interior. Além disso, a panela de pressão elétrica se desliga automaticamente após atingir o tempo de cozimento programado.

Panela de pressão elétrica PhilcoOutra vantagem está na economia com gás de cozinha. Ao mesmo tempo, o equipamento não deixa aquele cheiro de comida pela casa e permite preparar receitas muito versáteis. Tanto para aquecer a alma nos dias de inverno quanto para facilitar a alimentação saudável em qualquer estação do ano. Afinal, como a panela elétrica libera o vapor de maneira reduzida, evita que os alimentos percam nutrientes e água. Além disso, ela ajuda a preservar o sabor, o aroma e a umidade natural dos alimentos. Assim, a dica é acertar na escolha do modelo e investir nas mais diversas receitas doces e salgadas! Afinal, o que não falta na internet são canais do Youtube e sites especializados no assunto.

 

Guia definitivo para escolher sua panela de pressão elétrica

  1. Capacidade

Atualmente existem panelas de pressão elétrica com capacidades de três, 4,5 e seis litros. Porém, é bom saber que a capacidade total do modelo não corresponde à capacidade utilizável. Afinal, por segurança, a quantidade de líquidos e alimentos não deve ultrapassar dois terços da capacidade total do aparelho. De qualquer forma, tais informações podem ser verificadas no próprio manual do produto. Além disso, todos os modelos trazem marcações indicativas sobre esses limites em seu interior. Portanto, basta pensar no tamanho de sua família e grupo de amigos para definir a melhor opção. Por exemplo: uma panela de pressão com capacidade para cinco litros é ideal para refeições com até cinco pessoas. Enquanto isso, as de três litros são recomendadas para pessoas solteiras, casais sem filhos ou com até um filho pequeno. Por sua vez, os modelos de quatro litros são indicados para casais com até dois filhos. Aliás, a partir desse tamanho, as panelas também podem ser usadas para fazer sobremesas. Por fim, as de seis litros comportam refeições para até seis pessoas.

  1. Potência

Quanto maior a potência de sua panela, mais rápido será o preparo das receitas. Assim, a dica é optar por modelos que tenham potência a partir de 800W. Aliás, nos modelos maiores, o ideal é contar com potência superior a 900W.

  1. Funcionalidades

Depois de definir capacidade e potência, o próximo passo é verificar as funcionalidades que mais serão úteis no cotidiano. Afinal, há modelos que trazem recursos especiais, como timer para programar o início do cozimento com antecedência. Além disso, quanto mais dispositivos de segurança o modelo oferece, melhor. Por isso, conheça a seguir alguns itens e avalie quais são mais importantes para você:

a) Panela interna

Todo equipamento possui uma panela interna removível – recipiente em que os alimentos são dispostos e cozidos. Porém, a dica é adquirir um modelo cujo revestimento interno seja antiaderente. Assim, a limpeza do equipamento se torna muito mais fácil. Além disso, alguns modelos permitem que a panela removível seja até mesmo colocada na lava-louças.

b) Opções de comando

Panelas de pressão elétricas podem ser analógicas ou digitais. Enquanto um modelo é controlado por um botão central giratório, o outro traz um painel e display eletrônicos. De qualquer forma, ambas as versões permitem preparar os mesmos tipos de receitas. Logo, trata-se mais de uma opção de design do que de funcionalidade propriamente dita. Além disso, as analógicas costumam ser mais baratas que as digitais.

c) Ajustes de tempo

Observe as opções disponíveis de ajuste de tempo, pois o período máximo de programação pode variar entre os modelos. Assim, enquanto algumas panelas permitem ajustes de apenas 30 minutos, outras podem chegar a 120. Nesse contexto, modelos com ajuste de 60 minutos provam-se muito versáteis. Então, caso deseje aproveitar ao máximo sua panela, eleja um modelo com tempo máximo de cozimento mais longo. Afinal, mais do que cozinhar arroz, feijão e aipim rapidamente, você poderá preparar carnes, legumes, sopas, macarrão e até sobremesas!

d) Receitas pré-programadas

Muitos modelos de panela de pressão elétrica vêm com funções pré-programadas. Porém, o número de opções varia de um equipamento para outro. Dessa forma, é possível garantir ainda mais agilidade no preparo das receitas, pois o tempo certo de cozimento estará garantido.

e) Timer

Já pensou em agendar o cozimento de sua refeição com até um dia de antecedência? Pois alguns modelos oferecem timer que permite retardar o  início do cozimento em até 24 horas. Assim, você pode colocar os grãos de molho à noite, por exemplo, e ter feijão prontinho na hora do almoço!

 

Agora que você já conhece os principais detalhes, é só comprar sua panela de pressão elétrica na taQi. Entre os modelos disponíveis, está a Philco PPP02VI – uma das mais bem-avaliadas do mercado. Ao todo, ela oferece 13 funções, permitindo inclusive refogar seus alimentos antes de cozinhar.

Bom apetite! 🙂

 

Foto: iStock/Nature, food, landscape, travel

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *