De olho nas férias: é hora de trocar os pneus do carro?

De olho nas férias: é hora de trocar os pneus do carro?

Com a proximidade das férias e das festas de fim de ano, muitas famílias começam a organizar suas programações. Logo, para quem pretende pegar a estrada, fazer aquela revisão tradicional do veículo é fundamental. Para tanto, costuma-se checar os níveis de óleo, líquido do radiador, fluido de freios e correias. Além disso, verificar as condições dos pneus é outra questão essencial. Afinal, além de garantir mais segurança e estabilidade ao veículo, a medida contribui para reduzir o consumo de combustível. Contudo, nem todo o mundo sabe qual o momento certo de trocar os pneus. Por isso, a taQi preparou algumas dicas para garantir ainda mais segurança e tranquilidade para suas férias em família. Confira!

 

Quando trocar – e o que fazer com os pneus velhos?

Pneus Firestone na taQiMais do que opção estética, os sulcos dos pneus desempenham uma função prática essencial. Isso porque são responsáveis por escoar a água quando o carro passa por superfícies molhadas. Além disso, ajudam a manter a estabilidade do veículo em contato com o solo. Por essa razão, tais linhas não podem chegar a uma profundidade inferior a 1,6 mm. Caso contrário, não haverá espaço suficiente para o escoamento de água, e o veículo ficará mais vulnerável na estrada. Consequentemente, poderão ocorrer derrapagens e até perda de controle do automóvel, sobretudo em pistas molhadas.

Pneus Continental na taQi

Ao mesmo tempo, qualquer pessoa pode facilmente verificar o desgaste de rodagem dos pneus. Para isso, basta conferir o indicador de desgaste de rodagem, conhecido como TWI (Tread Wear Indicator). Aliás um palito de fósforo ou uma moeda de um real podem ser muito úteis neste processo. Afinal, 1,6 milímetro corresponde exatamente ao tamanho da cabeça de pólvora do palito e da espessura do friso dourado da moeda. Então, caso o sulco esteja menor que estes parâmetros, é hora de investir em pneus novos! Vale destacar que a substituição deve sempre ser feita aos pares. Assim, caso você troque apenas um par, mantenha sempre os pneus mais novos no eixo traseiro. Dessa forma, irá garantir que o veículo tenha mais estabilidade em curvas, sobretudo em pista molhada.

Já para otimizar o consumo de combustível e assegurar a segurança da sua família em viagens, invista na calibragem correta. Além da otimização de recursos, ela ajuda a reduzir os riscos de deformações e desgastes prematuros. Sendo assim, o ideal é inspecionar e calibrar os pneus a cada duas semanas. Lembre-se sempre de cumprir os valores recomendados pelo fabricante. Essa informação pode ser encontrada no manual e em etiquetas dentro do veículo.

 

Atenção e criatividade

Outro ponto que merece atenção na hora da calibragem é a inspeção da pressão. Afinal, ela deve ser feita com os pneus frios, tão logo você saia de casa. Quando os pneus estão aquecidos, a pressão interna é alterada devido a expansão do ar. Ou seja, pode causar imprecisão na pressão dos pneus indicada pelo fabricante. Já no caso do surgimento de “bolhas” na lateral interna ou externa, providencie a troca do pneu o quanto antes. Afinal, a bolha é um indicativo de rompimento do reforço lateral. A situação costuma ocorrer depois de fortes impactos, como a passagem por um buraco, por exemplo. Então, com este reforço comprometido, o pneu corre o risco de estourar durante seu trajeto.

Com relação aos pneus usados, o descarte correto é geralmente providenciado pelos postos de troca. No entanto, uma opção criativa é você mesmo investir na reutilização do material. Assim, é possível aproveitá-los como vasos ou jardineiras em seu quintal, por exemplo. Você pode usar técnicas de colorir a borracha para dar ainda mais vida a sua decoração sustentável. Gostou da dica? Então, confira algumas inspirações no Pinterest!

 

Foto: iStock/standret

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *