Dia Mundial da Bicicleta: celebre a vida sobre duas rodas

Com benefícios que se refletem em âmbito social, econômico e ambiental, o uso da bicicleta é destacado de forma especial neste 3 de junho

Há séculos, a bicicleta é um meio de transporte utilizado por milhões de pessoas. Não apenas para cumprir pequenos trajetos do cotidiano, como igualmente para praticar atividade física e desfrutar momentos de lazer. Agora, durante a pandemia, o simples ato de pedalar tem figurado como algo ainda mais saudável e inspirador. Tanto por promover sensações de liberdade, alegria e bem-estar, quanto por contribuir com o alívio do estresse. Então, que tal aproveitar este 3 de junho, Dia Mundial da Bicicleta, para sair da rotina e celebrar na prática? Aliás, se você ainda não tem uma bike ou quer trocar a sua, este também é o momento ideal. Isso porque a taQi criou uma ação especial para comemorar a data: são três dias de ofertas e condições facilitadas! Então não perca tempo e confira agora mesmo as marcas e modelos disponíveis na taQi!

 

3 motivos para investir numa bicicleta

O Dia Mundial da Bicicleta foi instituído pela ONU para conscientizar as pessoas sobre seus benefícios social, econômico e ambiental. Por isso, neste 3 de junho, a taQi compartilha três ótimas razões para você começar a pedalar!

 

1.     Transporte limpo e seguro

Além de não prejudicar o meio ambiente, usar a bicicleta como meio de transporte é uma opção econômica e sustentável. Não por acaso, um número crescente de cidades já possui ou está investindo na construção e ampliação de ciclovias. Aliás, desde o início da pandemia, alguns países têm incentivado a população a fazer seus deslocamentos diários de bicicleta. Isso porque, segundo a OMS, a bike é excelente alternativa ao transporte coletivo para evitar a proliferação do coronavírus.

 

2.     Saúde e atividade física

Por ser uma atividade aeróbica, andar de bicicleta é um ótimo exercício para trabalhar a função cardiorrespiratória. Ou seja, pedalar contribui para a melhora da circulação sanguínea, bem como para a saúde do coração e dos pulmões. Além disso, ajuda a aumentar o fôlego, reduzir o colesterol, controlar a pressão arterial e prevenir ou controlar o diabetes. Ao mesmo tempo, melhora o tônus muscular e auxilia no processo de emagrecimento, sem prejudicar as articulações. Aliás, já nos primeiros dias dessa atividade, é possível sentir uma elevação na sensação de alegria e bem-estar. Afinal, pedalar estimula a produção de substâncias como epinefrina, noradrenalina e endorfina, intimamente ligadas a essa reação.

Também para as crianças, andar de bicicleta oferece diversos benefícios. Isso porque pedalar colabora com o desenvolvimento da massa óssea, das articulações e dos músculos. Também estimula o equilíbrio, a coordenação motora, o raciocínio e o desenvolvimento intelectual. Além disso, melhora a postura e contribui para queimar calorias e aumentar a resistência física.

 

3.     Conteúdo especializado

Por ser uma atividade que traz benefícios sociais, ambientais e econômicos, andar de bicicleta atrai um público amplo e variado. Consequentemente, o mercado têm investido cada vez mais no desenvolvimento de produtos, serviços e conteúdo especializados para o setor. Por exemplo: em função do isolamento social, muitas pessoas adaptaram seus treinos para dentro de casa. Assim, as bicicletas ergométricas ganharam mais espaço em ambientes internos, bem como outros aparelhos aeróbicos. Inclusive, com plataformas como a Zwift, essa experiência já foi “gamificada”, simulando ambientes ao ar livre e competições virtuais. Inclusive, foi possível inovar usando tanto bicicletas normais presas por um rolo de treino quanto modelos estacionários tradicionais. Já para quem pedala ao ar livre, alguns bons aplicativos são Strava, Endomondo, Sports Tracker e Mountain Bike Runtastic.

 

bicicleta

Curiosidades sobre a história da bicicleta

Batizada de “draisiana”, a invenção do barão alemão Karl von Drais, de 1817, é considerada a precursora da bicicleta. Enquanto isso, a criação do modelo com pedais é atribuída ao ferreiro escocês Kirkpatrick MacMillan, em 1839. Apesar disso, ela só começou a ser fabricada 30 anos depois pelo inglês Thomas McCall. Mas foi no século XIX que a bicicleta chegou ao Brasil, vinda da Europa. Aliás, os primeiros relatos de seu uso no país vêm da cidade de Curitiba, no Paraná. Isso porque lá já existia um clube de ciclistas desde 1895, organizado por imigrantes alemães da colônia local.

 

Foto: iStock/Solovyova

One thought on “Dia Mundial da Bicicleta: celebre a vida sobre duas rodas

  1. Maria Cristina Dadsa disse:

    Valor bicicleta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *